quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Escritores Kids: estrelas mirins da literatura encantam em Noite de Autógrafos no Colégio Elizabeth Kalil


Escrever é uma arte que envolve talento, estudo e muito treino. Os alunos do 5º ano do Colégio Elizabeth Kalil provaram que estão no caminho certo. Isso porque na noite da última sexta-feira (24), eles fizeram uma linda Noite de Autógrafos como culminância do projeto Escritores Kids. Cada criança escreveu um livro sobre o tema “Mundo Solidário” e autografou exemplares para a família coruja que conferiu de pertinho o sucesso da turma.
Durante o semestre, a professora Kênia Freitas trabalhou com a turma o desenvolvimento das competências de ler e escrever. De acordo com ela, foi um trabalho prazeroso, mas ao mesmo tempo trabalhoso, principalmente para os alunos que procuraram dar o melhor de si para construir uma história linda que agradasse seus familiares. E o objetivo foi alcançado.
“Hoje é a culminância de um projeto audacioso e ímpar implementado por uma profissional de sucesso e gabarito, cujo estímulo e retidão no seu trabalho é fantástico. Obrigada professora Kênia, pelo seu belo exemplo como professora”, elogiou a diretora do colégio, Suraya Kalil.
Antes dos autógrafos, que foram seguidos por um coquetel e brinde pelo sucesso dos pequenos escritores, a turma fez várias apresentações artísticas aos familiares presentes. No auditório do colégio, as crianças apresentaram um belíssimo jogral, contando a história de como foi a construção dos livros.
O aluno Pedro apresentou uma linda canção tocada no violino, acompanhado de colegas que seguravam nas mãos as letras da palavra SOLIDARIEDADE. Seguindo as apresentações musicais, a turminha apresentou uma linda coreografia da canção “Amar como Jesus amou”, executada por Fernada Takai e Padre Fábio de Melo.
A surpresa da noite ficou por conta da apresentação do grupo evangélico “Mãos que adoram”. Após a apresentação emocionante do grupo, que cria palavras com as mãos enluvadas, foi a vez de a turma apresentar uma coreografia ao som da canção “Era uma vez”, de Kell Smith.
E por fim, foi a vez da professora Kênia Freitas emocionar a todos com seu texto sobre “Como nasce um escritor”. A primeira etapa da noite se encerrou com a apresentação de mais uma dança ao som da animada “All sky a full stars”. A segunda etapa da noite contou com os autógrafos das estrelas da noite, os escritores kids.


quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Noite de Autógrafos da turma do 5º ano acontece dia 24

No próximo dia 24, acontece a Noite de Autógrafos da turma do 5º ano. As crianças produziram o primeiro livro de suas vidas e convidam a todos para a grande noite de autógrafos, que será realizada no auditório do Colégio Elizabeth Kalil. A atividade faz parte do projeto "Escritores Kids".


sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Último dia do Enem é neste domingo. Confira nossas dicas!


A última etapa do ENEM 2017 acontece neste domingo (12). O Colégio Elizabeth Kalil acredita em cada um de nossos alunos do ‘Terceirão’ e tem a certeza do sucesso de toda a turma. Mesmo assim, separamos algumas dicas importantes para que as provas sejam feitas da maneira mais tranquila possível. Confira:

1) Alimente-se antes

É importante se alimentar antes da prova, porque você ficará muitas horas sentado lendo as questões. Como você precisa sair cedo, o ideal é almoçar entre as 11h e 12h. Se não tem o hábito de comer nesse horário, faça um lanche leve. Não se esqueça também de levar comidinhas para a hora da prova

2) O que levar para a prova

Leve apenas o essencial:
– Documento de identificação oficial com foto (RG, carteira de motorista, passaporte, carteira de trabalho, certificado de dispensa de corporação e certificado de reservista são aceitos. Se você perdeu sua identidade, leve o boletim de ocorrência, que deve ter sido tirado menos de 90 dias antes da prova)
– Cartão de confirmação de inscrição (pode ser o enviado por correio ou impresso pelo site do Inep)
– Caneta de tinta preta com o tubo transparente.
– Lanchinhos (água, barrinha de cereal, chocolate…)

Deixe em casa: lápis, lapiseira, borracha, celular, relógios, máquina calculadora, agenda eletrônica, smartphone, tablet ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens. Todos esses materiais, caso sejam levados, deverão ser depositados na embalagem porta-objetos que será distribuída a todos os participantes e que precisará ser guardada embaixo da carteira. Também não dá para usar lenço, boné ou óculos escuros.

3) Saia cedo de casa

A prova começará às 13h (horário de Brasília). Para evitar imprevistos, confira o trajeto até o local de prova com antecedência e verifique quais transportes públicos precisará usar ou qual a rota para fazer de carro. Leve em consideração que poderá ter trânsito – afinal, são quase 6 milhões de candidatos que farão o Enem. Chegue às 12h no local.

4) Cuidados durante o Enem

– Se ficar nervoso, faça exercícios de respiração. Feche os olhos e respire fundo, soltando o ar bem devagar. Lembre-se do porque você está ali e tente retomar o equilíbrio.
– Evite perder tempo escolhendo questões para resolver. Siga a sequência e marque as que você tiver dúvida para fazer depois. Assim você não corre o risco de terminar o tempo e você precisar chutar várias questões sem nem ao menos ler o enunciado.
– Se sobrar questões em branco no final da prova, faça um chute consciente. São 5 opções, 20% de chance de acerto. Se fizer por eliminação, suas chances de acerto aumentam.
– Evite passar todas as questões para o gabarito no final. São muitas e você pode se confundir e, se demorar muito para notar o erro, pode acabar preenchendo muitas lacunas incorretas. Passe para o gabarito as que você já tiver certeza que sabe a resposta logo após responder a questão.
– Faça uma boa leitura da questão. Muitas são contextualizadas e dependem apenas da sua interpretação, o que significa que a resposta pode estar no próprio enunciado.
– Aproveite bem o tempo de prova. Não existe mal em ficar entre os últimos a sair (só tome cuidado para não faltar tempo). Se você terminar a prova e ainda tiver um tempinho, faça uma pequena revisão antes de passar as questões para o gabarito.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

‘Aulões’ interativos para o ENEM: alunos preparam aulas para os próprios colegas


O ENEM está chegando e no próximo domingo (5) acontecem as provas de Linguagem, Ciências Humanas e Redação. No outro domingo, dia 12, acontecem as provas de Matemática e Ciências da Natureza. Por isso, nesta reta final dos estudos, os alunos da 3ª série do Ensino Médio do Colégio Elizabeth Kalil estão ministrando “aulões” preparatórios para o ENEM.
Sempre orientados pelos professores, os alunos estão abordando conteúdos relacionados a cada área do conhecimento. Essa tem sido uma forma prazerosa e interativa de fazer uma revisão para as provas, uma vez que são os próprios alunos que preparam as aulas, apresentando o conteúdo em uma linguagem em comum com os demais colegas, facilitando o aprendizado.
Dessa maneira, o Colégio Elizabeth Kalil busca preparar os alunos para o grande desafio que é o Enem, de maneira confiante e com a certeza do sucesso de cada estudante.

MocTeck 2017 é um grande sucesso


A manhã do último sábado foi de muito conhecimento e dinamismo no Colégio Elizabeth Kalil. É que aconteceu mais uma edição da MocTeck que, além de ter estandes com trabalhos realizados pelos alunos do 6ºano ao ensino médio, também trouxe experiências práticas como rapel, slackline e cama elástica.
Segundo a gestora pedagógica do Colégio Elizabeth Kalil Rozana, a MocTeck é uma oportunidade de os alunos serem as estrelas e mostrar todo o potencial que possuem por meio do conhecimento. Neste ano, dois principais tem as nortearam os projetos, “Turismo Sustentável” – desenvolvido pela Organização das Nações Unidas (ONU) – e “A matemática está em tudo” – Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).
“As pesquisas foram desenvolvidas dentro do conceito ‘conhecer para cuidar em defesa da vida’ e trouxeram muitas coisas legais como os esportes radicais, casas e produtos sustentáveis, a construção de um rádio, trabalhos sobre a robótica e os biomas; tudo voltado para a sustentabilidade, pois o objetivo de um cientista é trabalhar em prol da humanidade”, explicou a professora de física, Patrícia Correia.
Para Suraya Kalil, diretora do colégio, por meio do estímulo às novas descobertas, da certificação das informações e da construção do conhecimento, nossos alunos realçam o seu papel cidadão e nos ensinam a conhecer para cuidarmos melhor de nosso planeta. “Os alunos estão dando um show e explicando muito bem tudo aquilo que aprenderam com as pesquisas”, frisou.




quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Mocteck acontece neste sábado (28)



A manhã do próximo sábado (28) será de muita tecnologia, experiências e ciências no Colégio Elizabeth Kalil. Os alunos do 6º ano ao Ensino Médio irão apresentar o resultado dos trabalhos científicos que foram desenvolvidos ao longo deste semestre. Toda a comunidade escolar está convidada a participar da mais esperada feira de ciências do ano, a Mocteck.
O tema deste ano é a sustentabilidade e os biomas brasileiros. A Física também está presente na diversão. Da mesma forma, a química e a biologia estão presentes nos materiais sustentáveis utilizados na construção civil.
A matemática é também representada como tema principal para a execução e desenvolvimento dos trabalhos, compatível com o tema da SNCT, onde a disciplina está em tudo, acompanhada de todas as ciências da natureza, para tornar o planeta mais limpo, sustentável e econômico.


segunda-feira, 16 de outubro de 2017

A vez dos ‘memes’ no Enem: críticas bem-humoradas que viralizam na web devem ser cobradas nas provas


Eles são a aposta para os vestibulares deste ano. Populares na internet, os memes devem aparecer, inclusive, no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com professores, as imagens, carregadas de humor, também trazem críticas e vêm para complementar outros gêneros textuais, como charges, cartuns, tirinhas e quadrinhos, que já aparecem nas provas.
Mas é preciso estar atento. Por ser uma prova nacional, e que traz questões da atualidade recomenda-se que os alunos acompanhem conteúdos políticos e sociais.

Múltipla escolha

Apesar do caráter interpretativo, dificilmente as imagens vão aparecer em questões abertas. Para não errar caso os memes apareçam nas questões dissertativas, a dica é prestar bem atenção. O aluno deve ter certeza que entendeu a mensagem, o momento em que está inserida e qual recurso foi utilizado na construção da imagem.
Assim como nos outros gêneros textuais, é preciso perceber a linguagem utilizada. Porém, o mais provável é que apareçam aqueles que misturam a linguagem verbal com a não verbal.

Por dentro

Para começar a estudar e analisar o meme, o aluno deve entender alguns conceitos da língua portuguesa. Além do duplo sentido, é preciso estar atento a palavras que têm a mesma grafia ou pronúncia, mas com significados diferentes e também aos diferentes sentidos de uma mesma palavra.

Os memes podem, ainda, estar relacionados a outras áreas do conhecimento e não apenas aos conteúdos de linguagens, tais como matemática, ciências da natureza e ciências humanas. Professores acreditam que, apesar de possíveis, temas como corrupção podem aparecer de forma mais genérica e não com personagens específicos.

Fonte: Hoje em Dia